Bem vindo ao site da SPEA - sociedade portuguesa para o estudo de aves

Opções do site

Subscrever Newsletter

Outras opções do site

Pesquisar no site

Data actual

Principais opções do site

D
S
T
Q
Q
S
S
 
2
3
4
5
8
9
10
11
12
15
16
17
18
19
23
24
25
29
30
31
 
 
 
A Nossa Missão
A SPEA é uma ONG de ambiente sem fins lucrativos, que tem por missão trabalhar para o estudo e a conservação das aves e seus habitats, promovendo um desenvolvimento que garanta a viabilidade do património natural para usufruto das gerações futuras.
Home  > Resultados > França
imprimir

França




             Boue, A. Barros, N., Cama, A., Arcos, P., Andrade, J., & Micol, T.  (2014)




llustração: Mike Langman (RSPB-images)




Colónia de Alcatraz na Reserva Nacional de Sep-Iles seguida com GPS-loggers

A Reserva Nacional (RNN) de Sept-Iles alberga a única colónia francesa de Alcatraz. A equipa de Montpellier do CNRS (Centre National de Recherche Scientifique), em parceria com a LPO, está a efectuar trabalho de monitorização da colónia, recorrendo ao seguimento individual de aves através de tracking.

Em 2010, o monitoz da colónia permitiu obter uma estimativa da população nidificante (entre 21 847 e 21 921  casais) e uma cronologia exacta do processo reprodutivo. Consequentemente mais de um quarto das posturas (28%) foram efectuadas em Abril 19 (+ / - 3 dias), e por esta altura 62,2% dos indivíduos já tinham efectuado as posturas.

Foto: GPS-log em Alcatraz - Rouzic (RNN des Sept-Iles, 22)


Em paralelo, em 2010, GPS-loggers foram colocados em 35 indivíduos reprodutores para monitorizar viagens de alimentação durante o período de incubação. Os dados foram recuperados para 25 destes indivíduos, totalizando 64 viagens. Estes dados mostraram que as aves se alimentam na parte Ocidental do Canal da Mancha, entre as costas francesa e Inglesa, a uma média de 128 kms (max = 252 kms / min = 206 kms) da colónia, contabilizando uma média de 507 kms por viagem.

No entanto, estas viagens diferem consoante os indivíduos. A duração variou entre as 7 minutos e as 35 horas. A viagem mais longa foi de 1076 kms, realizada em 21 horas.


Os dados obtidos por GPS-loggers colocados no âmbito do projecto FAME permitirão aprofundar o conhecimento das viagens dos Alcatrazes fora do paríodo reprodutor, e também o grau de fidelidade dos indivíduos às zonas de invernada. Várias amostras adicionais foram recolhidas durante o trabalho de colocação dos loggers. Estas amostras estão a ser analizadas, e permitirão saber mais sobre a dieta destas aves.
Estes resultados mostram uma forte repetição dos percursos das viagens de alimentação, por isso os dados de uma viagem serão suficientes para representar a maioria das viagens dos Alcatrazes.

Mapa representando as viagens  de alimentação (4) de indivíduos reprodutores de 03 a 07 Junho de 2010 - Rouzic (RNN des Sept-Iles, 22)


voltar



Política de privacidade, adicione aos favoritos, sugira este site © 2010 spea - Todos os direitos reservados.
Seara.com